Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Lei Geral do Trabalho / Procurando Trabalho / Centros formação profissional: solução para jovens que procuram emprego
 

Centros formação profissional: solução para jovens que procuram emprego

Participe na Pesquisa Salarial e ganhar um Salário

Complete a Pesquisa!

 

Uma das grandes dificuldades com que muitos jovens se debatem em Angola, é a obtenção do primeiro emprego.

Os empregadores exigem que o candidato ao posto de trabalho tenha experiência profissional. Por isso, o sonho de encontrar o primeiro emprego é muitas vezes, adiado porque falta a experiência profissional.

Para fazer face a esta situação o governo angolano criou centros de formação profissional em vários pontos do pais, que permitem aos jovens aliar a teoria ao trabalho prático.

Um dos centros mais procurados é o do Centro de Formação de Construção Civil, de Viana que é considerado um grande desafio, dada a necessidade de técnicos especializados no sector da construção civil em Angola.

O Centro de Formação de Construção Civil de Viana, disponível para jovens não qualificados ou desempregados, tem disponíveis cursos como o de condutor manobrador, manutenção de edifícios, electrónica de potência e industrial, desenhador de construção, encarregado de obras, topografia, entre outras especialidades ligada à construção civil.

As condições mínimas exigidas para a frequência dos cursos são a nona classe, como habilitações mínimas, idade compreendida entre os 16 e 33 anos, e aprovação no teste de selecção.

O centro tem capacidade para formar 500 estudantes. Terminado o curso, o formando regressa ao Centro de Emprego que o encaminha para as empresas interessadas em mão-de-obra qualificada.

O centro tem 102 jovens do município de Viana a frequentarem, desde Setembro de 2008, os cursos de electricidade de construção civil, medidor orçamentista, pedreiro ladrilhador e de pintor estucador, no primeiro ciclo de formação.

As aulas no Centro de Formação de Construção Civil estão a ser ministradas por professores portugueses, fruto de um protocolo rubricado entre o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional de Angola (INEFOC) e o Centro de Formação Profissional de Industria de Construção e Obras do Sul de Portugal (CENFIC)

 

Share |

Participe na Pesquisa Salarial e ganhar um Salário